Hospedagem Rio de Janeiro e São Paulo
24Jan

Hospedagem Rio de Janeiro e São Paulo



Rio e SP têm hospedagem mais cara do que cidades da Europa

SÃO PAULO, SP - A cidade do Rio ocupa a 30º posição no ranking das acomodações mais caras do mundo, segundo o site alemão de comparação de preços GoEuro. A capital fluminense aparece à frente de Tóquio, no Japão, e Roma, na Itália. São Paulo figura na lista em 111º, antes das cidades espanholas de Valência e Santiago de Compostela. A pesquisa contempla 150 cidades e mais de 60 mil propriedades -considerando-se hotéis, hostels e o Airbnb (sistema de locação de residências)- com o objetivo de criar um perfil das novas tendências em acomodação na indústria de hotéis. A cidade mais cara para se hospedar é Nova York, seguida por St. Moritz, na Suíça, e Macau, na China. Outras cidades que aparecem entre as dez mais caras são Miami (EUA), Dubai (Emirados Árabes), Nassau (Bahamas) e São Francisco (EUA). Tirana, na Albânia, é a cidade com preço médio mais baixo. Lá, três dias de hospedagem em um hotel cinco estrelas saem mais baratos do que uma diária num hotel de mesmo porte do Rio. Segundo Bruno Omori, presidente da Abih-SP (Associação Brasileira de Hotéis do Estado de São Paulo), é preciso comparar São Paulo com outras cidades com perfil de turismo de negócios, como Tóquio e Nova York. "Nesse sentido, São Paulo consegue oferecer um preço mais competitivo para esse público." "A demanda por quartos no Rio, hoje, é maior do que em Tóquio. A cidade terá no verão 85% de ocupação. A oferta de leitos no Rio também é menor do que em outras cidades importantes. Como a procura pela cidade é grande, isso faz com que ela seja mais cara." Para a consultora de viagens Silvia Leticia dos Santos, o preço de hospedagem pode corresponder a até 40% do gasto total da viagem, a depender do destino. "As pessoas veem as viagens como um sonho a se realizar, elas não deixam de viajar para uma determinada cidade apenas por considerar os custos de hospedagem." Para ela, o turista não troca um destino que já havia escolhido por outro que oferece opções mais em conta. Ele procura o hotel que cabe no seu bolso. LOCAÇÃO DE RESIDÊNCIAS Em São Paulo, o preço por noite da locação de uma residência é de US$ 85. O Rio ficou em 14º lugar no ranking das propriedades mais caras do Airbnb, com preço médio de US$ 176 -a cidade ficou empatada com Londres. Para essa modalidade de acomodação, Boston é a cidade mais cara entre as 150 pesquisadas. A cidade norte-americana é seguida pela mexicana Cancún e por Nova York. De acordo com o GoEuro, o constante crescimento do Airbnb e de hostels é um fator importante para viajantes que querem passar a noite.
 
Fonte da Notícia: AQUI


Deixe seu comentário

Consulte nossa parceira da ABIH/SP

 

Associados

Selecione a cidade

Ou escolha por ordem alfabética

  • ABIH
  • RENT MY BRAIN
  • São Paulo é tudo de bom
  • IDTCEMA
  • Compre o Certificado Digital com desconto
  • Turismo Paulista
  • UBRAFE
  • MW Way