Bruno Omori cede entrevista ao Diário do Turismo
25Abr

Bruno Omori cede entrevista ao Diário do Turismo

Presidente da ABIH-SP fala sobre Conotel, capacidade hoteleira para suportar os grandes eventos e ainda sobre as tarifas.

                                                       

São Paulo está mais do que preparada, em termos de disponbilidade de leitos em seus hotéis, para os eventos que estão por acontecer, pela própria natureza de negócios da cidade e, para eventuais megaeventos que estão fora do calendário da metrópole, como é o caso da abertura da Copa do Mundo, em julho do ano que vem. O DIÁRIO foi ouvir o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo, Bruno Omori. 

 

 

DIÁRIO - Qual é a importância do Conotel para a hotelaria paulista? 

 

BRUNO OMORI - O CONOTEL é o principal encontro da hotelaria brasileira, trazendo conhecimento sobre as políticas, estratégias e gestão atual para aumentar a competitividade do mercado, com oportunidades únicas de networking e troca de expertises entre os diferentes tipos de empreendimentos e gestão hoteleira. Para a hotelaria Paulista é um grande privilégio receber as maiores lideranças da hotelaria, trade turístico e governo, criando oportunidade de negócios, recebendo com profissionalismo e carinho a hotelaria nacional e fortalecendo parcerias institucionais e mercadológicas para nossos negócios.

 

 

DIÁRIO -  Os hotéis de São Paulo têm capacidade e leitos disponíveis para a grande demanda de turistas e visitantes que vem para a cidade? 

 

BRUNO OMORI - A cidade de São Paulo possui 42.000 UHs (Unidades Habitacionais) e em cidades localizadas em um raio de 100km da capital, como Campinas, Atibaia, Itu, Embu das Artes, Guarulhos, Santos, Guarujá e outras, chegamos a mais de 80.000 UHs. Lembrando que a cidade da abertura e encerramento da Copa da África possuía perto de 16.000 UHs e no raio de 100km chegavam aproximadamente a 40.000 UHs. Todos os eventos corporativos, feiras e congressos da cidade de São Paulo foram transferidos para antes ou depois da Copa. No Jogo de Abertura será feriado nacional e a grande maioria das escolas e setor acadêmico estará de férias, portanto São Paulo poderá seguramente, acomodar com qualidade toda a demanda dos seis jogos da Copa de 2014, como também servir de apoio para sedes do Mundial com pouca oferta de UHs. 

 

 

DIÁRIO -  O valor das diárias dos hotéis de São Paulo está dentro da média ou apresenta-se abusivo?

 

BRUNO OMORI - São Paulo possui uma das melhores e mais competitivas tarifas diárias, se compararmos com as principais cidades do mundo como Nova York, Tóquio, Paris ou Berlim; especialmente nos hotéis de categoria Econômica a Midscale.

 

fonte: www.diariodoturismo.com.br


Deixe seu comentário

Consulte nossa parceira da ABIH/SP

 

Associados

Selecione a cidade

Ou escolha por ordem alfabética

  • IDTCEMA
  • ABIH
  • Turismo Paulista
  • UBRAFE
  • MW Way
  • RENT MY BRAIN
  • São Paulo é tudo de bom
  • Compre o Certificado Digital com desconto