Turismo perde 50 mil estabelecimentos em seis meses de pandemia

ABIH-NEWS

Saldo negativo equivale a 16,7% do número de estabelecimentos com vínculos empregatícios nestas atividades, verificados antes da pandemia. Setor tem sido o mais afetado também no volume de receitas e nos empregos. CNC projeta -42,7 mil estabelecimentos ao final de todo o ano de 2020 Segundo levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a crise de proporções inéditas enfrentada pelo Turismo nos últimos meses levou o setor a registrar um saldo negativo de 49,9 mil estabelecimentos com vínculos empregatícios entre março e agosto deste ano. A diferença entre aberturas e fechamentos levou o setor a perder 16,7% dos estabelecimentos com essas características. Todos os segmentos turísticos registraram saldos negativos nos seis últimos meses, com destaque para os serviços de alimentação fora do domicílio, como bares e restaurantes (-39,5 mil), seguidos pelo segmento de hospedagem em hotéis, pousadas e similares (-5,4 mil) e transporte rodoviário (- 1,7 mil). 

Confira todo o estudo clicando abaixo

Publicações relacionadas

COMUNICADO AOS HOTELEIROS

RETRANSMISSÃO DE SINAL DE TV POR ASSINATURA Prezado Associado, A Associação Brasileira de Televisão por Assinatura – ABTA nos reportou sua atuação no combate à

Veja +