ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO NA HOTELARIA E NO TURISMO NACIONAL
13Abr

ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO NA HOTELARIA E NO TURISMO NACIONAL


A ABIH SP – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo em parceria com o IDTCEMA – Instituto de Desenvolvimento do Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente e a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, e com o apoio da ABRIDEF – Associação Brasileira das Indústrias e Revendedores de Produtos e Serviços para Pessoas com Deficiência promovem, durante a realização da REATECH | Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, que acontece de 09 a 12 de abril de 2015, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, o Programa e o Selo Acessibilidade e Inclusão Social da ABIH SP.
Lançado em 2012, sob a coordenadoria de Edison Passafaro, diretor do IDTCEMA, instrutor dos cursos de acessibilidade da ABNT e responsável pela área de mobilidade e inclusão da ABIH SP, o Programa de Acessibilidade e Inclusão Social tem o objetivo de oferecer ao mercado hoteleiro e aos outros setores ligados ao turismo em geral um amplo programa de informação, orientação e capacitação, cujo resultado é a certificação do estabelecimento com o Selo de Acessibilidade e Inclusão Social em parceria com a ABNT.
Único programa de acessibilidade e inclusão social do país para a hotelaria e o turismo, creditado pela ABNT, órgão de referência máxima em questões normativas, o projeto tem ampla abrangência como treinamentos, capacitação e qualificação de mão-de-obra, comunicação, atendimento via site e telefone, entre outros fatores. “O programa traz uma abrangência muito grande, envolvendo todas as áreas da hotelaria e do turismo. Vai muito além das obrigações legais voltadas aos meios de hospedagem, por exemplo, que hoje prevê que, no mínimo, 5% das acomodações, com recomendação para mais 10%, sejam acessíveis de acordo com as normas da ABNT, bem como todas as áreas de uso comum”, afirma Passafaro.
Outro ponto de destaque do programa é a questão da adoção do conceito de Design Universal na execução dos projetos, um modo de concepção de espaços e produtos que visa atender a diversidade de usuários, incluindo crianças, idosos e pessoas com restrições de mobilidade temporárias ou permanentes, sem distinção. Junto à aplicação das normas de acessibilidade da ABNT é possível tornar economicamente viável a implantação de projetos de inclusão econômica e social das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida nas diversas modalidades do setor de turismo e da hotelaria.
Segundo dados do IBGE o Brasil possui 46 milhões de pessoas com deficiência, o que corresponde a 24% da população. Ainda, são 21 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos e de acordo com a estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) o país será o sexto em número de idosos em 2025, quando deve chegar a 32 milhões de pessoas com 60 anos ou mais, população que muitas vezes, necessita das mesmas estruturas de acessibilidade voltadas para as pessoas com deficiência. Atualmente no Brasil existem dois hotéis já certificados com o Selo Acessibilidade e Inclusão Social da ABIHSP, Parque dos Sonhos e Campos dos Sonhos, ambos localizados em Socorro, no Estado de São Paulo.
“Nosso maior objetivo é promover mobilidade com acessibilidade para todas as pessoas, independentemente de características físicas, sensoriais e cognitivas. Cada vez mais será necessário que estruturas de transporte, hospedagem, comunicação, segurança, gastronomia, saúde e entretenimento, entre outras, estejam preparadas para atender a estas demandas”, finaliza Passafaro.

http://www.reatech.tmp.br/acessibilidade-e-inclusao-na-hotelaria-e-no-turismo-nacional/



Deixe seu comentário

AGOSTO INCRÍVEL NA FRANCO & BACHOT

Associados

Selecione a cidade

Ou escolha por ordem alfabética

  • IDTCEMA
  • RENT MY BRAIN
  • ABIH
  • Turismo Paulista
  • São Paulo é tudo de bom
  • MW Way
  • UBRAFE
  • Compre o Certificado Digital com desconto